Cursos e

Treinamentos

Agenda

23
Jun

Reunião Empresarial da Caciopar

18
Ago

Reunião Empresarial da Caciopar

22
Set

Reunião de Diretoria da Caciopar

01
Out

Congresso Empresarial e Convenção Anual da Faciap

24
Nov

Encerramento de 2018 e Plenária da Caciopar

Alci Lúcio Rotta Junior

2018/2020
Presidente

Há 42 anos, o empresário Hylo Bresolin, então presidente da Acic de Cascavel, percebeu que era necessário unir as seis associações empresariais existentes na época para que as demandas da região pudessem repercutir com mais força principalmente nas esferas governamentais. As associações da década de 1970 trabalhavam de forma isolada, cada uma focada unicamente nas questões de interesse e nos problemas de suas comunidades que exigiam solução. O método, por si só, inibia o êxito das demandas locais. Não havia unidade, representatividade e articulação suficientes para que as solicitações ganhassem impulso e pudessem ser atendidas pelo governo.

A resposta mais coerente encontrada foi a criação de uma entidade de âmbito regional que fosse a porta-voz das empresas por meio das associações empresariais e comerciais das suas cidades.

Em 3 de abril de 1976, surgia a Caciopar, uma nova entidade que tinha por missão defender os grandes temas de interesse e de unidade do Oeste do Paraná. A coordenadoria, a primeira nos seus moldes no Paraná e no Brasil, aprimorou reivindicações por obras e programas considerados estratégicos, urgentes e absolutamente relevantes para o desenvolvimento regional.

Falando em nome de uma região inteira, a Caciopar passou a defender a implantação de uma universidade pública, rodovias, ferrovia, a descentralização de órgãos públicos e a adoção de programas que fortalecessem a economia do território. Os resultados foram tão bons que o modelo de coordenadoria concebido aqui foi levado a outras regiões do Paraná. Hoje existem outras 11 coordenadorias semelhantes à Caciopar no Estado e juntas dão suporte à Faciap, a federação que agrega perto de 300 associações comerciais e empresariais paranaenses, uma das mais importantes e bem estruturadas forças organizadas em atividade no ente que é a quarta força econômica do Brasil.

Hoje, a Caciopar representa mais de 15 mil empresas, nos mais diversos ramos, de portes distintos, todas incumbidas com a geração de riquezas, de empregos e de desenvolvimento. Somos uma organização empresarial, que por meio do método aplicado, da seriedade das suas ações e do seu compromisso com as leis e com os cidadãos, tornou-se uma referência no processo de construção de um novo Brasil. Mas que novo Brasil é este que queremos? Que novo Brasil é este que necessitamos? Precisamos de um País diferente deste que aí está, um País que é vítima de interesses estranhos, de ideologias questionáveis e de atitudes irresponsáveis na gestão do dinheiro público. O empresário e as pessoas de bem precisam, de forma decidida e contundente, se envolver com as grandes questões nacionais, porque do contrário o futuro do Brasil vai atender pelo nome de atraso.

O mundo vive um período de mudanças profundas. Há um intenso movimento na geopolítica e no jogo de poder em praticamente todos os continentes. A disrupção é a nova ordem mundial. A descontinuidade dos processos como eles eram há pouco tempo provém da evolução da tecnologia, do avanço da inteligência artificial e de novas tendências e expectativas das pessoas e particularmente do consumidor. O futuro que bate à porta é fascinante, mas também desafiador! Surgem novas oportunidades! surgem novos negócios! Mas também há o paradoxo de como superar a antitecnologia, efeito colateral que extermina com profissões e negócios que são simplesmente superados pela inovação.

Esse cenário de transformações tão abruptas deve estar no radar das associações comerciais, das coordenadorias, da federação e também da Confederação das Associações Comerciais e Empresariais Brasileiras. Respondendo por 30% das principais culturas agrícolas do Estado, a região Oeste experimenta uma intensa verticalização em suas indústrias. Somos polo em saúde.  Somos polo em ensino superior. Contamos com parques tecnológicos e, além de belezas naturais de primeira grandeza, abrigamos a maior hidrelétrica em produção de energia renovável do planeta. Nossos potenciais são inúmeros e variados, mas para que possamos render o esperado é preciso avançar muito em infraestrutura, por exemplo.

O Oeste tem PIB de R$ 45 bilhões por ano. Dessa soma de riquezas que seus 50 municípios geram ao longo de 12 meses pelo menos 30% são impostos, ou R$ 15 bilhões.  É uma cifra espantosa, que se aplicada parte em obras que há décadas a região cobra, seria suficiente para a construção de um novo traçado ferroviário ligando Mato Grosso do Sul e Paraná ao Porto de Paranaguá, seria suficiente para conclusão do Aeroporto Regional do Oeste, bem como da duplicação das principais rotas rodoviárias que cortam a região. Historicamente, e é lamentável constatar isso, o Oeste sempre recebeu muito menos em retorno de investimentos comparativamente à enorme soma de impostos que gera e paga principalmente ao Estado e à União.

Ao mesmo tempo em que segue cobrando por obras estruturais, a Caciopar ajuda a criar o POD, o Programa Oeste em Desenvolvimento, para pensar questões de futuro da região.

De forma serena e organizada, com a integração de muitas instituições e lideranças regionais, diversos estudos têm sido feitos e projetos elaborados para acelerar o processo de inclusão do Oeste em um novo estágio de sua história, voltado ao desenvolvimento sustentável do território.

Faço menção também à gestão do meu antecessor, Leoveraldo de Oliveira e de seus diretores, que tão brilhantemente conduziram a entidade e a modernizaram em vários aspectos. Entre os principais legados deixados estão a reorganização do Oeste em quatro regiões geográficas, atitude que permite ajustar o ângulo dos anseios microrregionais, e também a conquista da certificação ouro de um programa de padronização de processos de gestão oferecido pela Faciap e Sebrae.

Leo é um líder jovem, dedicado e que compreende a fundo as virtudes e os desafios regionais. São pessoas como ele que, honorificamente, doam seu tempo, seu talento e sua força de trabalho à construção de uma região, de um estado e de um país melhores.

A Caciopar está e precisa continuar vigilante também em relação a outros assuntos igualmente importantes, como do respeito à livre iniciativa, da observação das leis e do cumprimento do constitucional direito à propriedade.  Mentiras e encenações podem abalar a solidez da Justiça, Mentiras e encenações podem gerar insegurança ao campo. O que deve prevalecer, para o bem de todos, é a verdade e o rigoroso cumprimento da lei.

Neste ano, teremos eleições. Desejamos a todos os postulantes sorte e sucesso na disputa das vagas (o Oeste possui bons representantes), mas, ao mesmo tempo, lembramos da necessidade de pensar num Estado enxuto e eficiente. Não podemos compactuar com aumentos da já pesada carga tributária brasileira, sob pena de inviabilizar muitas empresas e ceifar número significativo de empregos e oportunidades. 

A nova gestão da Caciopar e seus diretores renovam aqui seus compromissos de lutar contra a corrupção, de argumentar em favor das imprescindíveis reformas estruturais e de estar permanentemente vigilante pelo cumprimento dos conceitos que dão sustentação à democracia e à República Brasileira.

Não vamos e não podemos tolerar as manipulações do populismo, as ofensas aos setores produtivo, o desrespeito aos brasileiros que empreendem e que geram empregos e crescimento. O Oeste é um bom exemplo de como o Brasil poderia ser, uma terra que valoriza o trabalho, que respeita a Constituição, que promove a socialização de oportunidades e colhe a distribuição de renda e de qualidade de vida. A Caciopar é uma das alavancas para o equilíbrio de uma era de tantos movimentos e novidades.

Inscreva-se

Fique por dentro das novidades!

Contato

Entre em contato com a CACIOPAR para obter mais informações sobre a Coordenadoria, convênios e parcerias. Utilize também este canal para registrar solicitações, reclamações e sugestões. Teremos o maior prazer em atender nossas Associações Comerciais, empresários e parceiros.


COORDENADORIA DAS ASSOCIAÇÕES COMERCIAIS E EMPRESARIAIS DO OESTE DO PARANÁ

Rua Pernambuco, 1800 - Anexo à Acic - 1º Andar - Centro
85810-021 - Cascavel - Paraná
(45) 3321-1449
(45) 3321-1416