Notícia

Economia Regional

terça, 06 de março de 2018
EMPREENDEDORES PEDEM LICENCIAMENTO PARA PCH NO RIO CHOPIM

O projeto de construção da Pequena Central Hidrelétrica(PCH) São Luiz deverá ser apresentado em Audiência Pública, nos próximos meses. O empreendimento no Rio Chopim, entre os municípios de Clevelândia e Honório Serpa, terá capacidade de gerar 30 megawatts. O Instituto Ambiental do Paraná(IAP) informou que a Fapolpa Indústria de Papel e Embalagens, com sede em Palmas,  na mesma região, requereu licenciamento para a construção da unidade apresentando os necessários Estudos de Impacto Ambiental(EIA/RIMA), seguindo as normas do Conselho Nacional de Meio Ambiente(CONAMA).

A PCH São Luiz terá uma barragem de 12,52 metros de altura e extensão de 612 metros entre as margens do rio. O lago terá 173 hectares de área, sendo que 103 hectares representam o leito natural do rio. Assim, a área de inundação efetiva será de apenas 70 hectares. A energia produzida será transmitida até a Subestação de Clevelândia, distante cerca de 20 km.  A previsão é de um investimento superior a R$ 150 milhões de reais. A partir de 01 de fevereiro, o IAP estabelece um prazo de 45 dias para que sejam marcadas as audiências públicas nas comunidades onde a PCH São Luís deve ser implantada. Além de apresentar o projeto, estudos de impacto e medidas de correção, os moradores da região poderão opinar e sanar dúvidas.

Com o ato público, o IAP avaliará a localização  e tecnologia a ser empregada no empreendimento, e se favorável, emitirá a Licença Prévia(LP) que garante aos empreendedores a sequência dos procedimentos até a obtenção da Licença de Instalação(LI), que autorizam o  início das obras, que deverão durar 20 meses.

Fonte: Por Ivan Cezar Fochzato/RBJ