Notícia

Depois de dois anos PIB tem crescimento de 1% em 2017 e fecha ano em R$ 6,6 tri

terça, 06 de março de 2018
CONTRIBUÍRAM PARA O RESULTADO AS ALTAS DE 13% NA AGROPECUÁRIA E 0,3% NOS SERVIÇOS.

O Produto Interno Bruto (PIB), a soma de todas as riquezas produzidas no País, fechou o ano de 2017 com crescimento de 1%, na comparação com 2016. Em valores correntes, o valor do PIB em 2017 atingiu R$ 6,6 trilhões. Em 2015 e em 2016, o resultado ficou negativo em 3,5%.
Os dados foram divulgados pelo IBGE, com os resultados das contas nacionais trimestrais, o que inclui  o fechamento do ano.
"O resultado é positivo, a gente vem percebendo o aumento de vendas, de investimentos; acredito que podemos ter otimismo, a sociedade está trabalhando e os resultados estão aparecendo", disse o empresário pato-branquense Jair Santos, presidente da Cacispar (Coordenadoria das Associações Empresariais do Sudoeste). Ele antevê o ano eleitoral e deseja que o eleitorado brasileiro tenha condições de fazer uma boa escolha.
Em 2017, contribuíram para o resultado as altas de 13% na agropecuária e de 0,3% nos serviços, além da estabilidade nas indústrias. O resultado da agropecuária foi o melhor em toda a série, iniciada em 1996.
O PIB per capita subiu 0,2% em termos reais, ficando em R$ 31,587. A taxa de investimento no ano foi de 15,6% do PIB, abaixo dos 16,1% de 2016. Já a taxa de poupança aumentou, indo de 13,9% em 2016 para 14,8% em 2017.
Na série com ajuste sazonal, o resultado do último trimestre do ano foi de crescimento de 0,1%, na comparação com o terceiro trimestre. Em relação ao quarto trimestre de 2016, o crescimento foi de 2,1%.

Fonte: Por AGÊNCIA BRASIL E JDEB